sábado, 19 de agosto de 2017

ABC, INTERNACIONAL


Registro do livro do zagueiro Telino. Da terra potiguar para as terras de Alem Mar.

No dia q recebemos o clube do povo do Rio Grande do Sul, campeao do Mundo, lembro q nesta segunda quinzena de Agosto, completam 44 anos do embarque do ABC p a Europa.

domingo, 13 de agosto de 2017

Serie C

Globo garantido. America, sonho dificil. ABC, 18 rodadas p fugir.
Quantos clubes do RN estarao na C em 18?
Segunda forca do estado, Aguia de Ceara Mirim voa alto e alcanca objetivo. Bonito trabalho de valorizacao prata da casa
Os alvirrubros tbem buscam vaga.
O Mais querido nao quer nem pensar.
Conta com dezoito rodadas para se manter na serie B.
A fragilidade setor defensivo assusta a frasqueira.
Aquele que era o ponto alto, enfraqueceu mt c a saida Oswaldo e ma fase de Fortunato.
Tbem estamos pecando nas finalizacoes.
A esperanca eh obter sucesso diante dos proximos adversarios. Ambos de camisa vermelha.

sábado, 5 de agosto de 2017

ABC x Ceara

Reedicao do Eclassico nordestino, 16:30 no Frasqueirao.
O primeiro confronto q presenciei, marcou na memoria, a presenca do atacante Zezinho, oriundo futebol carioca, estrela dos cearenses.
Procopio Neto, registra no livro esportes em Natal, um jogo de 1969, placar 1 x 1.
O Ceara foi o primeiro adversario do ABC em competicoes da CBD, ao se enfrentarem pela Taca Brasil de 1959.
A melhor recordacao q tenho eh da abertura do Brasileirao 77, quando vencemos por 1 x 0, gol de Maranhao Barbudo, iniciando uma das melhores campanhas do ABC. Egresso do Nautico, o tecnico Waldemar Carabina mandou a campo naquele domingo a tarde, 16/10, Helio Show, Orlando, Domicio, Claudio Oliveira e Vulca. Baltazar, Maranhao e Danilo Menrzes. Noe Silva, Zezinho e Noe Macunaima

domingo, 23 de julho de 2017

XAVANTE ESTREIA EM NATAL

Puxei na memoria os clubes gauchos que atuaram em nossa capital.
O Inter, Gremio, Juventude, Novo Hamburgo, Guarani de Venancio Aires

44 ANOS DO TETRA

Da esq p direita. Em pe: Erivan, Sabarah, Telino, Edson, Maranhao e Anchieta.
Agachados: Libanio, Alberi, Jorge Demolidor, Danilo Meneses e Morais.
O tecnico do timaco era Danilo Alvim, o principe da selecao brasileira na Copa 50



No mesmo dia q completamos a tragica inedita sequencia de oito derrotas, relembremos o glorioso 22/07/73.
Naquele ano, um dos mais exitosos da historia do ABC, vencemos os tres turnos do campeonato.
Completara 12 anos em 06/07, estava entre os 43.144 daquela tarde de domingo, na companhia de meu pai
Apos 0 x 0 no primeiro tempo, o Mais querido voltou avassalador na etapa final. Jorge Demolidor marcou dois gols em doze minutos. Os ponteiros Libanio e Morais, este o melhor em campo, ampliaram para 4 x 0. O Castelao em festa, nao deu nem bola para os dois gols sofridos nos minutos finais.
A comemoracao varou a noite na sede do Clube na Rua Potengi. La estivemos na companhia dos meus tios e primos, entre eles o saudoso Mardoqueu, pai do hoje renomado Prof Flavio Paiva, fisicultor do clube do povo


sexta-feira, 21 de julho de 2017

Treinadores Paulitas

A contratacao de Marcio Fernandes trouxe a lembranca, tecnicos com passagem pelo ABC, oriundos do futebol bandeirante :

CLOVIS QUEIROZ, 1975.
Passagem meteorica e discreta. N emplacou como tecnico. Zagueiro, marcou epoca no Corinthians.

JOAO AVELINO, 1976
Campeao estadual, montou grande equipe.

WALDEMAR CARABINA
Veio p o brasileirao 1977, classificou o ABC p 2a. Fase. Campeao estadual 1978, lancando mts jovens.

SERVILIO DE JESUS
Inicio dos anos 1980. Trabalho discreto do ex centroavante do Palmeiras e selecao brasileira.

ESTEVAO SOARES
Anos 1990. Passagem rapida e discreta

GUTO FERREIRA
Poucos dias de trabalho




domingo, 16 de julho de 2017

ADVERSARIO IDEAL

Ontem sofremos o sexto reves consecutivo. Diferente das vezes anteriores, nao merecemos perder. A equipe mostrou q tem condicoes de reagir.
Nao podemos deixar escapar a possibilidade voltar a vencer na proxima terca feira.
Nada melhor que enfrentar um America.
Lembro q em nossa primeira participacao em brasileiros, somente conseguimos a 1a. Vitoria na 10a. rodada, justamente contra nosso proximo rival.
Diante de 12 mil pagantes, o ponta Libanio marcou o gol da vitoria diante do America Mineiro. Noite de quarta feira, 11/10/72.
Inesquecivel a manchete do Diario de Natal, no dia seguinte : Mantida a Tradicao.
Encerro com o time q Celio de Souza mandou a campo : Tiao, Sabarah, Edson, Nilson Andrade e Rildo. Maranhao e Danilo Menezes. Libanio, Alberi, Petinha e Soares.
Mobilizemos toda frasqueira p reabilitacao na terca.